Eliant é para pessoas que querem viver com a diversidade cultural e liberdade de escolha na Europa:

em matéria de educação, reformas económicas e sociais, agricultura ecológica, complementares e Medicina Integrativa.

A Carta da Aliança

Objectivos da Aliança

A dignidade humana e o desenvolvimento individual são valores fundamentais da cultura europeia. As iniciativas da Antroposofia Aplicada iniciada por Rudolf Steiner têm contribuido para isto ao longo de quase um século. Especialmente nos setores da agricultura, educação, educação terapêutica e medicina, surgiram estilos de vida profundamente humanos, de alta qualidade, que já angariaram prestígio mundial. A Aliança ELIANT assumiu como missão assegurar que tudo isto fique legalmente acessível a todos os cidadãos da Europa, implementando o seu desenvolvimento contínuo como contribuição para a modelação da Europa.

Para que cada cidadão inserido na realidade europeia possa ter o direito a um desenvolvimento individual, é necessário assegurar não só a liberdade de escolha, mas também a possibilidade de escolha. Por exemplo, pais e mães devem ficar habilitados a escolher para os seus filhos as escolas que estejam de acordo com as suas convicções educacionais; e cada cidadão deve poder escolher o tipo de assistência médica e o tipo de alimentação condizentes com o seu estilo de vida. Os direitos fundamentais e os direitos humanos na Europa não devem ser restringidos, em detrimento de tais objetivos culturais. A Aliança ELIANT trabalha para assegurar isto.

Para alcançar estes objetivos é necessário estabelecer condições gerais que permitam e apoiem uma variedade de abordagens para estilos de vida individuais com as suas instituições e desenvolvimentos. Devem ficar garantidos o pluralismo dos métodos científicos e a liberdade na investigação e no ensino. Do mesmo modo, a liberdade de escolha vocacional e a liberdade de educação exigem um pluralismo social.

A organização do trabalho e as atividades da Aliança

Como responsáveis por esta Aliança, orientamos a nossa colaboração segundo o princípio de uma solidariedade entre iniciativas. A fusão de propósitos oferece-nos um apoio mútuo para todos os planos ou ações na Europa. O nosso objetivo é a pática de uma cooperação e assistência mútuas, com integridade e transparência. Assim, as futuras iniciativas nas mais variadas esferas da vida poderão ser realizadas com o mais amplo apoio democrático possível, com reduzidos custos administrativos, e com uma alta consciência comunicativa.

Vamos continuar a exercer influência sobre o desenvolvimento da política europeia e da prática legislativa, mantendo e expandindo os contatos já existentes com as diversas instituições europeias.

Somos parte integrante da sociedade civil a nível europeu, com o objetivo de organizar a mais ampla rede de organizações que partilhem de objetivos semelhantes.

Participamos ativamente em atividades de relações públicas, e no âmbito das nossas capacidades colaboramos em conferências, seminários e workshops que correspondem aos objetivos da Aliança.
Procuramos parceiros nos setores da cultura, economia e política, a fim de continuar a promover os nossos objetivos. Queremos cooperar com instituições, associações e personalidades individuais da vida pública, as quais compartilhem do nosso compromisso com a proteção sustentável dos direitos à liberdade, melhor qualidade de vida, e criação de suficiente espaço de desenvolvimento para cada indivíduo. No quadro desta cooperação, queremos desenvolver posições e apoiar iniciativas que tornem possível moldar o desenvolvimento da Europa segundo os citados objetivos.

As decisões relevantes da Aliança, como um todo, são tomadas de comum acordo entre os responsáveis. Antes da sua mudança para Bruxelas o secretariado da Aliança funcionava na Fundação Promotora da Medicina Antroposófica, em Dornach (Suíça).

Composição social da Aliança

O corpo de afiliados compreende os Responsáveis da Aliança, reunidos em solidariedade, mais os Membros Promotores.



Os responsáveis da Aliança são as associações e instituições da Antroposofia Aplicada que trabalham a nível europeu, e que intervêm ativamente, no quadro dos objetivos mencionados, para a salvaguarda dos direitos fundamentais, direitos humanos, auto-determinação social e diversidade cultural, e assim para uma melhor qualidade de vida no progresso jurídico a nível europeu. Como membros principais os Membros Responsáveis desenvolvem as atividades da Aliança, colocando as mesmas em prática.



Podem tornar-se Membros Promotores da Aliança quaisquer pessoas, singulares ou coletivas, bem como organizações ou instituições, que desejem promover as iniciativas culturais antroposóficas e pretendam fazer contribuições morais e/ou financeiras para o seu apoio. Os Membros Promotores são regularmente informados sobre as atividades da Aliança, e prestam colaboração para a realização de projetos e campanhas individuais. Em decorrência da sua filiação os Membros Promotores não assumem qualquer obrigação financeira – a menos que qualquer membro individual declare expressamente o desejo de prestar esse tipo de colaboração.

Responsáveis e primeiros signatários da Aliança

AEFMUTA, Association Européenne des Fabricants de Médicaments utilisés en Thérapeutique Anthroposophique, Huningue/França (Sr. Nand de Herdt).

Demeter International e.V. ,Darmstadt/Alemanha (Dr. Andreas Biesantz).

ECCE, European Co-operation in Anthroposophical Curative Education and Social Therapy, Zeist/Holanda (Sr. Bernard Heldt).

ECSWE, European Council for Steiner Waldorf Education, Bruxelas/Bélgica (Sr. Christopher Clouder).

EFPAM, European Federation of Patients’ Associations for Anthroposophic Medicine, Leidschendam/Holanda (Sr. René de Winter).

FAM, Förderstiftung Anthroposophische Medizin, Dornach/Suíça (Dra. Michaela Glöckler).

GESUNDHEIT AKTIV - Anthroposophische heilkunst e.V., Bad Liebenzell/Alemanha (Sra. Heidrun Loewer).

IBDA, Internationaler Verein für biologisch-dynamische Landwirtschaft, Arlesheim/Suíça (Sr. Nikolai Fuchs).

IKAM, Internationale Koordination Anthroposophische Medizin, Dornach/Suíça (Dr. Jürgen Schürholz).

IVAA, Internationale Vereinigung Anthroposophischer Ärztegesellschaften, Dornach/Suíça (Dr. Günther Schulz, Dr. Peter Zimmermann).

Os membros promotores da Aliança presentes no ato da fundação foram:
Instituto Anthroposophique Rudolf Steiner, Bruxelas/Bélgica (Dr. Jürgen Erdmenger).
Pedagogia curativa e social terapia, Dornach/Suíça (Dr. Rüdiger Grimm).
Dr. Giancarlo Buccheri, ex-presidente da IVAA, Dornach/Suíça.

Sr. Christof Wiechert, Dornach/Suíça.

Bruxelas, 29.06.2006

Os membros responsáveis e os membros promotores agradecem a todos que tomem conhecimento da presente Carta, e que através da participação na campanha de recolha de assinaturas contribuiram para reforçar a eficácia política da Aliança.

Clique para descarregar a Carta ELIANT como PDF